Portal do Espirito

A sua referencia em Doutrina Espirita na Internet
Bem-vindo: Sáb, 04/Abr/2020 21:08
Ler mensagens sem resposta | Pesquisar por tópicos ativos


Todos os horários são GMT - 3 horas




Criar novo tópico Responder  [ 9 mensagens ] 
Autor Mensagem
MensagemEnviado: Qua, 07/Ago/2019 16:17 
Offline

Registrado em: Qui, 06/Nov/2008 15:32
Mensagens: 1223
Oi, quanto tempo que não posto por aqui!

É o seguinte... Hoje à noite enquanto eu durmia senti como se algo ou alguém estivesse "energizando" o meu corpo, uma sensação similar a de um choque percorrendo todo o corpo para todas as direções. Concentrava-se mais na região cardíaca mas também sentia irradiar para a cabeça. Às vezes sentia meu corpo contrair quando vinha essa onda de choque. Estava lúcido mas não entendia o que acontecia e fiquei com medo. Depois de algumas ondas de choque senti um certo desconforto no peito. Chegou um momento que fiquei com tanto medo que abri os olhos e vi na direção do espelho do armário um ponto branco luminescente. Pedi por ajuda e cheguei a ter a sensação de levantar o braço, mas não ouvia minha própria voz. Também não sentia o peso de meu corpo sobre a cama, era como se estivesse fora de meu corpo, mas me sentia no mesmo nível em que meu corpo estava, não estava acima nem abaixo dele.

Já tive sensação similar outras duas vezes este ano. A primeira em janeiro e a segunda uns meses depois, e agora essa terceira?

Na primeira foi menos intensa e estava mais concentrada na região logo acima da genitália, também espalhando pelo corpo, mas foi uma sensação mais suave e menos desconfortável. Estava lúcido e quando abri os olhos e olhei para o lado direito, vi algo como uma entidade branca, dava até para ver como se fosse o rosto dela e estava usando algo no alto da cabeça, uma espécie de turbante? Parecia estar envolta de uma névoa. Ela estava mexendo levemente os "braços" na direção onda estava sentindo os pulsos. Parecia serena e não aparentava estar me atacando mas mesmo assim fiquei espantado e cheguei a murmurar, então ela desapareceu e a sensação pulsante. Estranho que depois daquilo me senti energizado, mas ao mesmo tempo mais leve, ainda durante a madrugada.

Parecia algo como um monge ou sei lá o quê! Na segunda vez foi um pouco mais intensa mas como já tinha mais consciência daquilo, não murmurei e fiquei apenas parado deixando aquela sensação pulsante acontecer, desta vez no lado esquerdo da cabeça e se não me engano no peito. Desta vez não vi nenhuma entidade. Mas nesta segunda vez foi uma sensação mais parecida com a de choque passando pelo corpo. Parece que durou alguns minutos. Quando acabou, senti como se minha cabeça estivesse "vazia" por dentro e aquela mesma sensação de leveza. Muito estranho isso, não é mesmo?

Já nesta terceira vez a sensação foi bem mais intensa e fico pensando se era alguma entidade me atacando ou me tratando de alguma forma. Pois me lembro que na primeira vez a impressão que tive foi como se aquela entidade estivesse me energizando, então será que eu estaria recebendo uma espécie de passe feito por um desencarnado? Mesmo após várias horas ainda sinto na área cardíaca um certo desconforto que senti na madrugada, mas menos intenso agora. Sei lá, era como se eu tivesse sido submetido a um desfibrilador. Não sentia energia saindo de meu corpo, pelo contrário, era como se estivesse recebendo muita energia, através da região torácica, assim como das outras vezes em regiões diferentes do corpo!

Será que o espiritismo tem alguma resposta pra isso? Porque ando preocupado!


Compartilhar no Facebook
Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 11/Ago/2019 20:21 
Offline

Registrado em: Qui, 06/Nov/2008 15:32
Mensagens: 1223
Alguém aqui já teve uma experiência similar? Ando procurando respostas mais específicas para isso mas não encontro em lugar algum!


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Qui, 15/Ago/2019 17:29 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6674
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena...
Enio, um grande abraço.
Já vivi experiências semelhantes.
Alguma entidade está querendo entrar em contato com você e a primeira atitude que você deve tomar é não ter medo...
Procure demonstrar que você recebe a entidade com muito amor e depois pergunte alguma coisa sobre o que deseja a tal entidade.
Procure mentalmente descobrir a identidade da entidade, pois isso sempre será bom para futuros contatos.
Paz plena... Rosário.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 08/Set/2019 21:59 
Offline

Registrado em: Qui, 06/Nov/2008 15:32
Mensagens: 1223
E quanto às sensações de choque pelo corpo que senti? Acho que esta entidade queria algo mais do que um simples contato comigo...


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 09/Set/2019 18:56 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6674
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena...
Enio, um grande abraço.

Você escreveu:
Citação:
E quanto às sensações de choque pelo corpo que senti? Acho que esta entidade queria algo mais do que um simples contato comigo...
Enio, quando eu vivi a experiência em agosto de 1982, logo que entrei na Igreja para participar da missa dominical, eu senti uma forte energia descendo sobre a minha cabeça e logo depois passou para todo o meu corpo.
Eu fiquei sentindo, em todo o meu corpo, uns choquinhos elétricos em todo o meu corpo.
A primeira coisa que eu pensei foi essa:
"Bom, se está acontecendo aqui dentro da Igreja é porque tem que acontecer aqui".
Continuei entrando pela Igreja pelo lado direito de quem entra até passou um pouco do meio da Igreja e fiquei em pé. Como os choques elétricos estavam muito intensos, eu pensei assim:
"Eu posso cair aqui, então vou procurar um lugar para me assentar".
Rapidamente encontrei um lugar vago e sentei nele, ficando perto de uma mulher, que logo me fez essa pergunta:
"Você está passando mal".
E respondi para ela:
"Não. É alegria demais. Não esquenta a cabeça comigo".
Não sei qual foi a reação da mulher, mas quando comecei a sentir uma ruga, iniciando do lado esquerdo da minha cabeça e indo até abaixo do meu queixo. Aí pensei que irai receber incorporação de uma entidade de Preto Velho e para não dar escândalo dentro da Igreja decidi sair... E sair até correndo um pouco, logo que comecei a correr todos aqueles choquinhos elétricos acabaram.
Foi sim muito boa a revelação que recebi naquele momento.

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 27/Out/2019 22:20 
Offline

Registrado em: Qui, 06/Nov/2008 15:32
Mensagens: 1223
Já tive mais ocorrências destes "choques" durante o sono. No início sentia na região da genitália, depois passou para a região cardíaca e ultimamente sinto na cabeça. A última vez que senti foi como se algo ou alguém estivesse transferindo uma "energia" em direção à minha cabeça e num dado momento senti como se ela estivesse sendo empurrada contra o travesseiro, como se alguém estivesse empurrando com a mão, mas eu sentia apenas uma pressão, e não uma mão de fato. E junto a esta pressão contra o travesseiro o choque. E não é choquinho, é uma sensação breve, mas intensa.

Ou isso é um tratamento espiritual agressivo e crítico ou pode se tratar de alguma entidade que esteja contra mim, que queira o meu mal. Engraçado que em momento algum senti dor, apenas este desconforto elétrico e algumas pressões durante tais ocasiões. Ou talvez pode se tratar de algo que esteja ocorrendo comigo mesmo mas que não entendo o que seja, mas de qualquer forma, é um tanto assustador. Se fosse apenas numa região do corpo, poderia até pensar se tratar de algum problema específico em meu corpo. Mas não, os locais ficam variando. E a cada ocorrência uma experiência diferente.

Mas vou dizer uma coisa... Ultimamente andei não estando me sentindo muito bem, vez ou outra tenho umas crises de raiva e não consigo expressar isso de uma forma que somatize isso de vez, daí acabo guardando esse sentimento. Talvez seja por causa destas crises de ira (apesar de sempre procurar disfarçar isso aos outros) que eu ando tendo estas sensações, só pode! É o que acontece quando se tem decepções demais na vida, você começa a sentir raiva das coisas, do mundo, das pessoas, de certos grupos de pessoas no meu caso que eu julgo serem nocivas...

São muitas frustrações e irritações diárias acumuladas e constantes. É chato ficar lidando com isso. Uma imensa sensação de revolta toma conta de mim. Ando um tanto mais agressivo ultimamente, mesmo sem querer. Ando meio que chutando o balde.

Tipo... Que se dane a república! Ave império! Ou algo como... Dane-se o que os outros vão achar, é tudo ignorante mesmo. Ou então... Minha geração não tem futuro e é perdida. Pensamentos assim andam rondando a minha mente. Ou então... Danem-se os "senhores" do mundo, que morram todos de uma vez e vão pro inferno, sejam amaldiçoados, almas podres. Ou algo como... Não quero mais reencarnar por aqui, povo idiota, alienado e primitivo. Mesmo sem cometer mal algum já cheguei a desejar mal a muita gente, coisas brabas e letais mesmo, como desejar a danação e a discórdia a este grupo de pessoas dos quais não pretendo revelar, por reprovar o que fazem e idealizam. Só direi uma coisa... São sionistas e maçons, assim como políticos progressistas.

Ultimamente andei sentindo bastante asco destes grupos, profundo desprezo pelo que fazem com o mundo, com a humanidade... Jamais desejaria bater de frente com um destes. Para mim são a representação de grande parte do mal que há neste mundo e que, de alguma forma, está me afetando, talvez por causa da situação em que esse país se encontra e como isso me afeta, etc. Está tudo interligado. Os fatos, as pessoas, os grupos.

Isso são só alguns poucos exemplos...

Atualmente não vejo futuro em minha vida, sem rumo, tudo perdido. Tipo, se meus pais morrem, já era pra mim, sacou? Quanto mais me sinto pressionado, mais e mais a agressividade aumenta e o desejo de destruição. Sentimento de sarcasmo é constante. Ando bastante preocupado. Não sei o que fazer. Tenho uma ajuda terapêutica, mas claramente não está senso suficiente, pois é uma questão profundamente emocional. Parece que vivo num inferno astral. Às vezes dá vontade de morrer... De um tempo para cá ando sentindo uma leve dor na área cardíaca, talvez por causa desse estresse emocional.

Sinto como se minha vida não fizesse mais sentido, em deriva.

Seria um caso de depressão? Será que me tornei um portal umbralino?

São poucas as vezes que tenho bons sentimentos. Na maioria do tempo é essa melancolia que me atinge. Tem vezes que me esforço para isso parar, mas logo depois volta, como se a felicidade já não existisse mais pra mim. Como se a minha vida e esse mundo fosse uma grande bosta, como se não mais valesse a pena viver, simples assim, pois no momento não vejo uma saída, um rumo, vivo num estado de caos e conflito interno intenso.

Sinto como se estivesse farto desse mundo, das pessoas, sabe? Tudo padronizado demais, sei lá.

É, eu sei que é grave, mas ao menos tenho culhão para não me deixar enlouquecer e sair do controle. Porque ao menos ainda sou movido mais pela intuição e razão, não pela emoção. Se a emoção estivesse acima de tudo, talvez tivesse feito alguma besteira... Então ao menos, apesar de tudo isso, ainda ajo racionalmente, pelo menos! Tem momentos que fico mais otimista, apesar de mais raros. E são esses momentos que de certa forma me dão força para aguentar isso tudo que passo.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Dom, 27/Out/2019 22:59 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6674
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena.
Enio, um grande abraço.
Li, sua postagem e é bem difícil para comentar sobre o que você escreveu.

Qual é a sua idade?

Comece a falar "PAZ PLENA" e veja se modifique alguma coisa com esses sentimentos que comentou....

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Seg, 28/Out/2019 22:29 
Offline

Registrado em: Qui, 06/Nov/2008 15:32
Mensagens: 1223
32 anos. Me desculpe se o que eu postei foi pesado, mas é que infelizmente ando passando por um momento complicado, de muito conflito interno e de grande insatisfação com o mundo à minha volta, fiquei um tanto mais recluso por causa disso. Eu ando tomando açafrão misturado na água, dizem que é bom contra depressão e tem efeito comparável à fluoxetina mas sem os efeitos colaterais de um antidepressivo. Pode ser que com o tempo isso ajude a melhorar o meu estado de humor. E quem sabe talvez faça parar essas sensações estranhas que ando tendo durante o sono. :wink:


Voltar ao topo
 Perfil  
 
MensagemEnviado: Ter, 29/Out/2019 20:51 
Offline

Registrado em: Sáb, 27/Jan/2007 20:14
Mensagens: 6674
Localização: Brasil - Belo Horizonte
Paz plena...
Ênio, um grande abraço.
Digo que não é pesado o que você escreveu, digo que é bem difícil escrever ou comentar sobre o que você escreveu.
A situação que você vive, como foi dita, seria melhor um diálogo, do que escrever para você.
Perguntei sobre sua idade, pois muitas vezes as experiências vividas tem mais intensidade em alguns momentos de nossa caminhada de vida.
Eu comecei a viver experiências mediúnicas no início de 1980 e já tinha 34 anos. Mas como não fui preparado para viver tais experiências, então digo que a minha vida virou de perna para o ar, pois os psiquiatras colocaram todos contra a minha pessoa e principalmente a minha esposa, pois um psiquiatra falou para ela que "eu estava perigoso e poderia ficar louco de tudo".
Essa frase também causou nela uma imensa preocupação, pois tínhamos três crianças e a mais velha tinha 8 anos.
Digo que os remédios receitados pelos psiquiatras me davam um terrível depressão.
No momento o que eu lhe aconselho é começar a falar sempre: "Paz plena".

_________________
Paz plena... Rosário. ("Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8,32).


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Exibir mensagens anteriores:  Ordenar por  
Criar novo tópico Responder  [ 9 mensagens ] 

Todos os horários são GMT - 3 horas


Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante


Enviar mensagens: Proibido
Responder mensagens: Proibido
Editar mensagens: Proibido
Excluir mensagens: Proibido

Procurar por:
Ir para:  
Powered by phpBB® Forum Software © phpBB Group
Traduzido por: Suporte phpBB